Ecoturismo no Parque do Espinilho em Barra do Quaraí

Redes Sociais

Onde encontrar o Cardeal-amarelo?

Um grupo de 12 pessoas do Clube de Observadores de Aves de Porto Alegre – COAPOA esteve visitando o Parque Estadual do Espinilho de 4 a 7 de junho de 2015. Os dias 4 e 7 foram dedicados para o deslocamento de 720km entre Porto Alegre e Barra do Quaraí e vice-versa. No total, rodamos 1.600km em quatro dias de viagem e observação.

O município de Barra do Quaraí situa-se numa tríplice fronteira, onde se encontram o Brasil, o Uruguai e a Argentina. A união entre Brasil e Uruguai – Bella Unión, se dá por uma ponte sobre o Rio Quaraí, e depois com a Argentina-Monte Caseros através de balsas sobre o Rio Uruguai.

Ecoturismo

Os doze participantes do COAPOA

Ecoturismo

Janta em Bella Unión – aguardando os chivitos

Ficamos hospedados no único hotel da cidade, o Hotel Barra do Quaraí. É um hotel de acomodações simples, com a vantagem de ser no centro da cidade, e a apenas 6km do Parque.

Ecoturismo

Entrada da adm do parque do espinilho

Ecoturismo

Amanhecer visto no parque do espinilho

Nos chamou atenção o baixo número de insetos, tanto no hotel e cidade como também no parque. Não precisamos usar repelente em nenhum momento.

Ecoturismo

arapaçu-do-cerrado

Parque do Espinilho em Barra do Quaraí

ninho de tio-tio-pequeno

pica-pau-chorão Parque do Espinilho em Barra do Quaraí

pica-pau-chorão

Ecoturismo na fronteira oeste do Rio Grande do Sul

O parque, por sua característica, é bem iluminado, com poucas e espaçadas árvores, formando um ambiente de savana. Propício para fotografia, e de fácil observação das aves, pela baixa cobertura vegetal. Classificamos a dificuldade de observação como baixa, por ser bem iluminado, plano, com poucas áreas de banhado. A região é apropriada para o Ecoturismo de observação de aves.

 Parque do Espinilho em Barra do Quaraí

noivinha-coroada

lenheiro Parque do Espinilho em Barra do Quaraí

lenheiro

coperete Parque do Espinilho em Barra do Quaraí

coperete

Existe um grande número de espécies endêmicas desta pequena região, numa área mesopotâmica, entre os rios Quaraí e Uruguai. A existência de cursos d’água de grande largura, cria uma barreira física para pequenas aves, fazendo uma fronteira biológica além da fronteira política.

martim-pescador-pequeno Parque do Espinilho em Barra do Quaraí

martim-pescador-pequeno

gavião-caboclo Parque do Espinilho em Barra do Quaraí

gavião-caboclo

É importante também registrar a existência de espécies de aves migratórias, provenientes da Argentina e Uruguai, fugindo do frio do inverno.

balança-rabo-de-máscara Parque do Espinilho em Barra do Quaraí

balança-rabo-de-máscara

Ecoturismo

coperete

Ecoturismo Parque do Espinilho em Barra do Quaraí

noivinha-cinzenta

O Parque não tinha guarda-parques e o controle é quase nulo. Algumas partes ainda não foram desapropriadas e permanecem com criação de gado dos proprietários. O único funcionário é a gestora do parque, bióloga Tatiane Uchôa, na ocasião acompanhada por guardas de uma empresa de vigilância, cujo contrato está por findar nos próximos dias. Não há por parte dos governantes apoio para o Ecoturismo e a preservação do meio-ambiente – o descaso é total.

Site do Parque:

http://parquedoespinilho.webnode.com/

https://consemma.wordpress.com/areas-de-preservacao/

Ecoturismo

Tatiane Uchôa – gestora do parque do Espinilho

Ecoturismo Parque do Espinilho Parque do Espinilho em Barra do Quaraí

Mapa do Parque do Espinilho

O cardeal-amarelo no Parque do Espinilho

O Parque tem duas apresentações – onde existe gado, o pasto está baixo, e as árvores bem espaçadas. Onde não existe gado, o pasto cresce até mais de um metro de altura, e árvores vão crescendo em maior número. Nesta área, a observação é bem mais difícil, e poucas aves foram observadas.

Ecoturismo Parque do Espinilho em Barra do Quaraí

cardeal-amarelo

cardeal-amarelo Parque do Espinilho em Barra do Quaraí

cardeal-amarelo

Ecoturismo Parque do Espinilho em Barra do Quaraí

arredio

O parque se distribui ao longo da BR-472, a qual corta a área de mais de 1500 hectares do parque em duas porções. Na parte sudeste, onde fica também o prédio da administração, existe gado bovino pastando. Nesta área registramos o cardeal-amarelo, o coperete, o suiriri-cinzento, a noivinha-coroada, o capacetinho, o lenheiro, calhandra-três-rabos, bico-duro, capacetinho, arapaçu-de-cerrado, tio-tio-pequeno, arredio, cardeal, tapicuru-de-cara-pelada, balança-rabo-de-máscara, vira-bosta-picumã, pica-pau-chorão, Martim-pescador-verde, gavião caboclo e carijó e sabiá-do-campo.

Ecoturismo Parque do Espinilho em Barra do Quaraí

lenheiro

Ecoturismo Parque do Espinilho em Barra do Quaraí

grupo na área do parque

Ecoturismo parque do espinilho

Vista da vegetação do parque do espinilho

Na parte noroeste, o pasto está bem alto, dificultando a passagem de pessoas assim como do forrageio de aves, onde registramos o sebinho-de-olho-de-ouro.

Ecoturismo Parque do Espinilho em Barra do Quaraí

sebinho-olho-de-ouro

Ecoturismo Parque do Espinilho em Barra do Quaraí

primavera

Ecoturismo Parque do Espinilho em Barra do Quaraí

suiriri-pequeno

Ecoturismo parque do espinilho Parque do Espinilho em Barra do Quaraí

mata ciliar no parque do espinilho

A temperatura estava muito alta para a época, atingindo mais de 30ºC, com os dias nublados e com raras incidências de chuviscos. O solo estava seco, bem como os rios da região.

grupo pesquisando no parque Parque do Espinilho em Barra do Quaraí

grupo pesquisando no parque

Além do Parque do Espinilho, visitamos mais dois locais na região, a barranca do rio Quaraí na localidade de Pai Passo, guiados pelo observador Ricardo de Oliveira de Uruguaiana. Também visitamos o parque Los Pinos, na cidade lindeira de Bella Unión, do outro lado do Rio Quaraí, já em território do Uruguai, e às margens do rio Uruguai.

Placa do parque los Pinos

Placa do parque los Pinos

pomba-do-orvalho

pomba-do-orvalho

Entrada do Parque Los Pinos

Entrada do Parque Los Pinos

pombão

pombão

No Domingo, dia 6, encontramos pela manhã por coincidência o casal Ricardo e Gina de Oliveira na área do parque, eles grandes conhecedores da região, e nos serviram de guias pelo resto do dia. O casal se fazia acompanhar de dois observadores de Santo Ângelo, o casal Paulo Buchabqui Rodrigues e Márcia Koch. Foram trocadas diversas opiniões sobre as observações já realizadas na ocasião.

 Parque do Espinilho em Barra do Quaraí Ao centro, Ricardo e Gina de Oliveira com observadores do COAPOA

Ao centro, Ricardo e Gina de Oliveira com observadores do COAPOA

Estátua do peão do saladero na entrada de Barra do Quaraí

Estátua do peão do saladero na entrada de Barra do Quaraí

Após o almoço, o grupo completo foi até o Pai Passo, em propriedade privada às margens do Rio Quaraí, onde pudemos registrar diversas espécies das existentes no Parque, o que rendeu várias avistagens importantes, como a Maria-cavaleira, o sanhaçu-de-fogo, a iraúna-de-bico-branco, a gralha-picaça além de uma lontra no rio.

Sanhaçu-de-fogo

Sanhaçu-de-fogo

Grupo maior, com o COAPOA, observadores de Uruguaiana e Santo Ângelo e Administradora do Parque

Grupo maior, com o COAPOA, observadores de Uruguaiana e Santo Ângelo e Administradora do Parque

arapaçu-de-cerrado

arapaçu-de-cerrado

bico-duro

bico-duro

No parque e balneário Los Pinos, dedicado para campistas e observadores de aves, existe uma área central com pinheiros de grande porte, sendo que ao norte fica a reserva do Rincón de Franquia, uma área de proteção ambiental entre os rios Quaraí e Uruguai. Nesta área estão registrados 223 espécies de aves, 21 de anfíbios e 15 de mamíferos. É uma planície alagadiça, dependente do regime de chuvas. Tive oportunidade de observar a área central e a mata ciliar em direção à cidade de Bella Unión. http://rincondefranquia.blogspot.com.br/. Lá pudemos observar garças, capacetinho, bico-duro, Martim-pescador-grande, cardeal , pombão e pomba-do-orvalho, maçaricos, suiriris,, mariquita e outras espécies.

estrada dentro do parque do espinilho

estrada dentro do parque do espinilho

Baseado na grande ocorrência de aves endêmicas, tivemos oportunidade de observar várias espécies diferentes das já conhecidas. A viagem foi bastante produtiva, mas ainda restaram várias espécies que requerem uma volta na mesma região para completar a lista.

Maria-cavaleira

Maria-cavaleira

Observadores no Pai-Passo

Observadores no Pai-Passo

Observadores no Pai-Passo

Observadores no Pai-Passo

gsmuller

Com formação em engenharia elétrica, sou observador e fotógrafo amador de aves. Participo do Clube de Observadores de Aves de Porto Alegre -RS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.